UNI-RN realiza plantio de baobá em alusão ao Dia da Floresta - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN

Central de Atendimento: 84 3215.2939

  • ACESSIBILIDADE:
  • Aumentar Fonte
  • Tamanho original
  • Diminuir Fonte
  • Contraste
23.03.2022

UNI-RN realiza plantio de baobá em alusão ao Dia da Floresta

 Conhecido da literatura e árvore símbolo de Madagascar, país localizado ao sul da África, o Baobá chegou ao UNI-RN na manhã desta quarta-feira (23/03), mas ainda em seu estágio embrionário: uma muda da espécie nativa do continente africano.

O plantio da espécie, ocorrido na manhã de hoje, no UNI-RN, é alusivo ao Dia Internacional da Floresta, comemorado no último dia 21 de março.

A ação foi coordenada pelo Núcleo de Educação e Gestão Ambiental: UNI-RN Sustentável, que tem à frente a gestora ambiental Mariana Nunes, e contou com a presença do reitor da Instituição, professor Daladier Pessoa Cunha Lima, que detalhou um pouco da História do baobá em Natal e enfatizou o compromisso do UNI-RN com a preservação do meio ambiente.  

A muda foi uma doação do professor Carlos Nascimento de Andrade, da UERN, Campus Mossoró, trazida ao UNI-RN pelo docente do curso de Engenharia Civil da Instituição, professor Carlos Gomes, e é oriunda da árvore que está localizada no bairro de Lagoa Seca, em Natal, conhecida como “Baobá do Poeta”, numa alusão ao proprietário do terreno, o advogado e escritor Diógenes da Cunha Lima.

A muda foi, estrategicamente, plantada junto à Biblioteca do UNI-RN. A espécie, que ficou bastante conhecida na obra “O Pequeno Príncipe”, do escritor e piloto francês Antoine de Saint-Exupéry, leva de 8 a 10 anos para atingir a fase adulta. Essa árvore milenar pode viver até 6.000 anos. O seu nome científico é Adansonia Digitata.

SIM, OBRIGADO!