Especialização em Terapia Manual - 8ª Turma



FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO

Duração:

A Carga Horaria do Curso é de 450 horas com duração de 22 meses.

Horário:

Módulos Teórico-Práticos
• Sexta-feira: 14h às 18h e 18h30 às 22h
• Sábado: 8h às 12h e 13h às 17h

Início:

*O início está condicionado ao numero mínimo de alunos matriculados.

Público Alvo:

Profissionais Fisioterapeutas que desejam atuar na área de Terapia Manipulativa

Matrícula:

Matrículas na Secretaria da Pós-graduação do UNI-RN (3215-2973), munidos de originais e cópias dos seguintes documentos:
• Identidade e CPF
• Comprovante de residência
• Diploma e histórico da graduação
• Certidão de Nascimento / certidão de casamento
• 1 Foto 3x4
• Currículo

Investimento:

Valor da Mensalidade (R$)
Valor Integral Valor com Desconto (*)

R$ 534,27
(10%) (20%) Convênio (25%) Ex-Aluno
R$ 480,84 R$ 427,42 R$ 400,70


* Descontos especiais nas mensalidades, para pagamento efetuado no vencimento, convênio e ex-aluno.

Informações de Descontos:

Descontos diferenciados (pagamento até a data do vencimento):
• 25% para alunos, ex-alunos da UNI-RN
• 10% para os demais participantes

Objetivos:

O curso foi concebido acompanhando as tendências e necessidades do mercado atual na área da Fisioterapia, tanto em nível local como nacional. Todo o conteúdo obedece um raciocínio lógico, com uma linha bem definida em que o fisioterapeuta poderá compreender a biomecânica do sistema musculoesquelético para diagnosticar e tratar as disfunções, utilizando-se de diversos recursos manuais.

Com este curso pretende-se que os fisioterapeutas possam desenvolver uma linha de raciocínio que os conduzam desde o primeiro contato com o paciente, passando por uma profunda avaliação clínico-funcional, chegando ao diagnóstico cinesiopatológico preciso, para ter condições de elaborar e executar uma estratégia de tratamento eficaz através de técnicas e métodos de Terapia Manual. Além de dar-lhes embasamento para realização de pesquisa científica, elaboração de trabalhos científicos e didática pedagógica para o ensino superior.

Informações:

Coordenação
Prof. Jorge Ivan da Costa Nogueira
• Fisioterapeuta Especialista em Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia pela Escola paulista de Medicina – UNIFESP
• Formação em Terapia Manual pela FARN
• Professor dos Curso de Bacharelado em Fisioterapia da FARN

Máximo = 35 alunos
Mínimo = 25 alunos

Matriz Curricular:

• Introdução à Terapia Manual e Anatomia Palpatória Clínica
• Diagnóstico por Imagens para Fisioterapeutas
• Neurodinâmica Clínica: Mobilização Neural para Membros Superiores e Inferiores
• Terapia Manipulativa para Coluna Vertebral I - Coluna Cervical
• Terapia Manipulativa para Coluna Vertebral II - Coluna Torácica e Costelas
• Terapia Manipulativa para Coluna Vertebral III - Coluna Lombar
• Terapia Manipulativa Miofascial

• Terapia Manipulativa para Membros Superiores
•• Disfunções da Região Ombro
•• Disfunções da Região do Cotovelo, Punho e Mão

• Estabilização Segmentar e Dinâmica
•• Coluna Cervical e Região do Ombro
•• Coluna Lombar e Cintura Pélvica

• Metodologia da Pesquisa Científica

• Terapia Manipulativa para a Região Sacroilíaca
•• Disfunções do Púbis e Ilíacos
•• Disfunções do Sacro

• Metodologia do Ensino Superior
• Terapia Manipulativa para Membros Inferiores - Coxofemoral, Joelho, Pé e Tornozelo
• Princípios da Terapia Manual para Crânio e Coluna Cervical Alta
• Terapia Manipulativa para Disfunções da Articulação Temporomandibular – ATM
• Terapia Manipulativa para Dobradiças da Coluna Vertebral e Diagnóstico Diferencial

Outras informações:

Conforme Cláusula das Condições Gerais do Contrato de Prestação de Serviço Educacional, o UNI-RN se reserva o direito de alterar a data de início do Curso ou de cancelá-lo, na hipótese de não ser atingido o número mínimo de alunos necessários à cobertura dos custos envolvidos. Garantimos ao (a) aluno (a) a devolução das quantias pagas sem qualquer correção. Adicionalmente, o UNI-RN se reserva o direito de introduzir melhorias e/ou aperfeiçoamentos no curso, podendo, para tanto, alterar seu conteúdo e/ou a ementa das disciplinas, desde que tais melhorias e/ou aperfeiçoamentos preservem o objetivo acadêmico do curso e não importem em ônus adicional para o (a) aluno (a) ou na redução da carga horária total.