VI Semana de Psicologia do UNI-RN debate preconceito racial e homofobia - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • ACESSIBILIDADE:
  • Aumentar Fonte
  • Tamanho original
  • Diminuir Fonte
  • Contraste
26.08.2020

VI Semana de Psicologia do UNI-RN debate preconceito racial e homofobia

O curso de Psicologia do UNI-RN dá início nesta quinta-feira (27/08) a VI Semana de Psicologia. O evento, que será on-line e aberto a toda comunidade acadêmica (via google meet), tem como tema central "O papel da psicologia na desconstrução dos preconceitos".

O objetivo é ressaltar o papel da psicologia no combate ao preconceito na sociedade, especificamente o preconceito com a questão da sexualidade e racismo.

São palestrantes desta temática:

Marcela Andressa Costa, orientadora social da Secretaria de Assistência Social do município de Natal (RN), pesquisadora de estudos feministas negros, saúde mental da população negra e relações étnico-raciais, e idealizadora do Projeto Negratitude - coletivo de mulheres negras, que tem como objetivo a emancipação dessas mulheres.

Adriana Conceição Silva , mestre em Comunicação Social , pós- graduada em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e Inglesa e formada em Letras pela UFRJ. Ela é pesquisadora na área de Relações Étnicas e Gênero.

A Semana de Psicologia continua nesta sexta-feira (28/08) com o tema “A psicologia no enfrentamento aos preconceitos contra a população LGBTQIA+”.

Os palestrantes são o professor e psicólogo Joatã Soares Coelho Alves e a psicanalista Myrna Agra Maracajá.

Joatã Soares Coelho Alves  é mestre em Psicologia do Trabalho  e doutorando em Psicologia do Trabalho (UFRN). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Trabalho da UFRN. Psicólogo Organizacional na UFRN, lotado na Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas. Membro do Comitê UFRN com Diversidade e da Comissão de Direitos Humanos da UFRN.

Myrna Agra Maracajá é psicanalista praticante, professora no curso de Psicologia da FIP-CG, doutora em Psicologia Clínica pela UNICAP, mestre em Literatura e Interculturalidade pela UEPB, especialista em Clínica Psicanalítica, pelo EPSI. Pesquisadora na área de psicanálise, gênero e sexualidade.


SIM, OBRIGADO!