Egressa de Psicologia realiza técnica com mães e bebês - Centro Universitário do Rio Grande do Norte - UNI-RN
  • ACESSIBILIDADE:
  • Aumentar Fonte
  • Tamanho original
  • Diminuir Fonte
  • Contraste

11.05.2018

Egressa de Psicologia realiza técnica com mães e bebês

Desde a concepção da vida, com nossas mães já tínhamos uma forte conexão, que, como diz Drummond “Mãe, na sua graça, é eternidade”. Os momentos de relação e reconhecimento entre mães e filhos estimulam o bom relacionamento e são fundamentais para diversos aspectos da vida de todo individuo. A egressa do curso de Psicologia, Palloma Nunes, realiza um trabalho muito importante e sensível, proporciona, por meio da técnica do “Toque da borboleta”, melhores maneira de criar vínculos afetivos que transmitem segurança e conforto ao bebê.

A técnica do “Toque da borboleta”, trabalha a energia vital do corpo e caracteriza-se por proporcionar uma massagem suave em bebês e crianças que passaram por alguma complicação no período gestacional, puerpério ou que se encontram no leito de um hospital. Com essa massagem, é possível diminuir o efeito das tensões que alguns bebês ou crianças foram submetidos, contribuindo assim para uma integração saudável com a hospitalização. Além disso, a técnica do “Toque de Borboleta” pode ser indicada ainda no primeiro mês de vida ou em bebês prematuros, por ter o potencial de relaxar, curar e confortar.

Saiba mais sobre o Toque da Borboleta

O toque da borboleta é uma técnica psicoterapêutica, desenvolvida por Eva Reich, pediatra e psicoterapeuta, que inspirada na teoria de profilaxia e prevenção da neurose de seu pai, Wilhelm Reich, e na bioenergética suave, com ênfase na educação preventiva com gestantes e bebês, na intenção de obter-se uma sociedade mais saudável emocionalmente.


SIM, OBRIGADO!